ANS suspende a comercialização de 70 planos de saúde

ANS suspende a comercialização de 70 planos de saúde

Em setembro de 2022, a ANS suspendeu de forma temporária a comercialização de 70 planos de saúde, que só poderão voltar a ser oferecido a novos clientes caso as operadoras apresentem melhora de resultados

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) informou que, a partir de 30 de setembro de 2022, 70 planos de saúde estão impedidos de comercializar seus serviços a novos clientes devido a reclamações de cobertura assistencial.

A punição divulgada pela Agência teve como base a análise dos resultados do Monitoramento da Garantia de Atendimento, elaborado com dados referentes ao segundo trimestre de 2022.

A suspensão da comercialização dos planos de saúde é temporária e poderá ser revertida caso as operadoras apresentem melhoras nos resultados obtidos pelo programa de Monitoramento no próximo trimestre.

No relatório, constam 37.936 reclamações, que foram realizadas entre 1º de abril de 2022 e 30 de junho de 2022. 

As queixas, que foram consideradas e analisadas pela ANS para efetuar a suspensão dos planos de saúde, se referem, principalmente, ao descumprimento dos prazos máximos para a realização de consultas, exames e cirurgias, bem como à resposta negativa de cobertura assistencial.

 

Quais planos de saúde estão impedidos de comercializar seus serviços?

Ao todo, a ANS suspendeu a comercialização de 70 tipos de convênios médicos, oferecidos por 13 diferentes operadoras. Por tipo de contratação, foram suspensos 45 planos coletivos empresariais, 16 coletivos por adesão e 9 individuais ou familiares.

De acordo com a Agência, os planos de saúde afetados pela decisão somam, ao todo, 1.663.872 beneficiários, que permanecem cobertos e ficam protegidos com a medida anunciada.

A consulta da lista completa de planos de saúde que tiveram sua comercialização suspensa está disponível no site da ANS e pode ser realizada de forma gratuita.

Agência retira a suspensão de comercialização de outros 40 planos de saúde

Além da suspensão de comercialização dos 70 planos de saúde que não obtiveram resultados satisfatórios no Monitoramento da Garantia de Atendimento, a ANS divulgou a retomada das vendas de 40 planos de saúde, comercializados por sete diferentes operadoras.

A liberação das vendas deste serviço ocorreu em função da melhora dos dados apresentados pelas empresas no documento em relação aos resultados do trimestre anterior.

A consulta da lista completa de planos de saúde que tiveram sua comercialização retomada também está disponível no site da ANS e pode ser realizada de forma gratuita.

 

Como o Saudi pode blindar sua operadora deste problema?

A suspensão da comercialização de planos de saúde afeta, sem dúvidas, os negócios e o crescimento das operadoras. Dessa forma, a principal recomendação é que as empresas busquem ao máximo blindar seus serviços.

Com o Saudi, o Sistema de Auditoria de Contas Médicas, por exemplo, você pode manter a saúde financeira de sua operadora e, com isso, protegê-la contra as medidas tomadas pela ANS.

O software, dentre outras funções, automatiza o processo de auditoria de contas dos prestadores de serviços médicos, o que inclui desde consultas até exames, o que possibilita uma visão clara de dados completos para todos os envolvidos – operadoras e prestadores.

Com o objetivo de tornar as operadoras de planos de saúde negócios mais saudáveis e rentáveis, o Saudi auxilia as empresas a conquistar uma melhor gestão de seus custos assistenciais.Quer saber mais sobre o sistema e sobre todas as vantagens que sua empresa pode usufruir? Entre em contato conosco e conheça nossas soluções!

Posts relacionados
pt_BRPortuguese