Retrospectiva ANS 2022: confira os principais destaques

Retrospectiva ANS 2022: confira os principais destaques

Neste artigo apresentamos a retrospectiva ANS 2022 com os principais destaques publicados recentemente no site Gov.br. De acordo a ANS, a saúde suplementar no Brasil alcançou marcos importantes em 2022, como encerrar o ano com mais de 50,2 milhôes de beneficiários de planos de saúde e mais de 30,7 milhões de clientes de planos exclusivamente odontológicos. 

Mais de 500 mil atendimentos de beneficiários no Sistema Único de Saúde (SUS) foram notificados às operadoras e cerca de R$ 945 milhões foram repassados ao Fundo nacional de Saúde no âmbito do processo de Ressarcimento ao SUS.

A inclusão de 49 itens no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde também foi um dos principais destaques do ano no setor de planos de saúde.

A retomada das atividades presenciais, no entanto, impactou a saúde suplementar, como era esperado, com reflexo nos índices de sinistralidade. O cenário econômico mundial também influenciou os custos em saúde e ainda há efeitos da pandemia na cadeia de insumos do setor.

Foi um ano desafiador para o setor, mas que no final apresentou um cenário positivo e de esperança.

Confira a seguir os destaques da ANS e no final fique atento a nossa dica para sua operadora de saúde se estruturar para CRESCER de verdade em 2023!

 

Retrospectiva ANS 2022:

Crescimento do setor

Em ritmo contínuo de crescimento, desde julho de 2020, o setor registra 50,2 milhões de beneficiários em planos de assistência médica em outubro de 2022 (1,6 milhão a mais que em outubro de 2021); e 30,7 milhões de beneficiários em planos exclusivamente odontológicos (2,2 milhões a mais que no mesmo período de 2021). São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro são os estados que vêm apresentando o maior ganho em números absoluto nas duas modalidades.

 

A ANS em 2022

Este foi o ano em que a ANS completou seu quadro com os cinco diretores efetivos.

Ao longo de 2022, foram realizadas 8 audiências públicas e 16 consultas públicas. Além disso, a ANS firmou parcerias importantes, como a celebração de 46 acordos de cooperação técnica no Programa Parceiros da Cidadania.

Diligente quanto à adoção das melhores práticas regulatórias e atenta ao cenário econômico mundial, a Diretoria Colegiada da ANS aprovou um conjunto de propostas de simplificação de obrigações de regulação prudencial das operadoras de planos de saúde, com o objetivo de reduzir burocracia e facilitar o planejamento financeiro das operadoras com medidas que flexibilizam prazos e eliminam exigências de forma segura, sem riscos para a prestação de assistência aos usuários de planos de saúde.

Além disso, a ANS aprovou a consolidação da norma de capital regulatório que moderniza as regras prudenciais, incluindo o último componente de risco (risco de mercado) aos demais já regulamentados, cumprindo com o compromisso de publicação da norma até 31/12/2022.

Vale destacar também o “pontapé inicial” dado ao processo de sandbox regulatório, com a realização das primeiras conversas com o setor para a modelagem de um ambiente controlado de promoção à inovação em saúde, mediante incentivos regulatórios econômico-financeiros.

Com o foco no consumidor, a ANS realizou a ação ANS com Você, uma série de eventos nas cinco regiões do Brasil para aproximar a reguladora dos consumidores. A ideia foi ampliar o acesso a informações, para que o público entenda as regras do setor e conheça seus direitos e deveres.

Por meio do Programa Parceiros da Cidadania, a ANS realizou, com apoio do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o evento Saúde Suplementar em Foco, com objetivo de compartilhar informações sobre aspectos técnicos e normativos que regem o setor, contribuindo para a formação de opinião de todos os que atuam em processos que envolvam planos de saúde.

 

Rol de coberturas obrigatórias

Sem dúvida, uma das principais pautas da saúde suplementar do ano, foi o Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde.

Com um processo de atualização baseado no fluxo contínuo de recebimento e análise de propostas, a revisão do rol tornou-se mais dinâmica, ágil e acessível, assegurando extensa participação social e garantindo a segurança, eficácia e efetividade dos procedimentos e eventos em saúde incorporados.

Em 2022, foram feitas 15 atualizações, através das quais foram incluídos, dentre procedimentos, medicamentos, indicações ou ampliações de uso, um total de 49 itens. Entre eles, o rol recebeu importantes conquistas como o teste rápido para diagnóstico da Covid-19; teste para a doença Monkeypox; transplante de fígado; quimioterápicos orais; métodos para tratamento do Transtorno do Espectro Autista (TEA); e fim do limite para número de consultas com psicólogos, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas e fonoaudiólogos.

No último dia 16/12, foi publicada a RN 555/2022, nova resolução normativa que dispõe sobre o rito processual de atualização do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde.

 

Intermediação de conflitos

Em relação à fiscalização do atendimento prestado pelas operadoras aos seus beneficiários, a Notificação de Intermediação Preliminar (NIP) completou 12 anos e continua se mostrando uma ferramenta importante para agilizar e solucionar demandas de consumidores, tanto em relação a questões de natureza assistencial, quanto às reclamações de natureza não-assistencial, com percentuais de resolutividade que permanecem, ano a ano, acima de 90%.

 

Aumento do interesse pela portabilidade de carências

A procura por opções de planos para a portabilidade de carências aumentou 2,1% nos primeiros sete meses de 2022, em relação ao segundo semestre de 2021. Os dados foram extraídos do relatório de acompanhamento de protocolos de portabilidade emitidos pelo Guia ANS de Planos de Saúde, ferramenta de consulta da Agência para a contratação e troca de planos de saúde. O principal motivo informado pelos usuários do Guia ANS foi a busca por planos de saúde mais baratos.

 

Promoção à saúde e qualidade de vida

Em 2022, a Agência manteve seus programas voltados à qualificação do setor.

Em maio, a ANS reuniu lideranças do Movimento Parto Adequado. Desde o início do programa, em 2015, o Parto Adequado já evitou mais de 20 mil cesáreas desnecessárias.

Sobre ações voltadas para a melhoria da qualidade da assistência à saúde, em 2022, contamos com 1.183 programas de Promoção da Saúde e Prevenção de Riscos e Doenças (Promoprev), sendo 622 programas aprovados pela ANS e 561 informados à ANS.

Já em relação ao Qualiss – projeto que estimula a qualificação dos prestadores de serviços de saúde (hospitais, clínicas, laboratórios e profissionais de saúde) –, este ano, a ANS começou a coletar indicadores de qualidade dos hospitais voluntários por meio do Sistema de Indicadores Hospitalares, o SIHOSP. A iniciativa criará, pela primeira vez, estatísticas a partir de indicadores de qualidade para os prestadores de serviços que atuam na saúde suplementar.

Para incentivar a adoção de modelos inovadores, que priorizem a melhoria da atenção à saúde e a sustentabilidade do setor, a ANS estimula as operadoras a implementarem modelos de remuneração baseados em valor. Em novembro, a Agência lançou o segundo edital do projeto, com 16 vagas para as operadoras apresentarem suas propostas.

Campanhas de conscientização: cores que promovem a saúde o ano todo

Uma Agência mais digital

O Plano de Transformação Digital da ANS completou dois anos conquistando importantes avanços e aprimorando o atendimento aos usuários. Atualmente, a ANS possui 100% dos serviços digitais, em diferentes níveis.

Em 2022, a Agência também avançou em um dos temas de vanguarda da atualidade: a Inteligência Artificial.

 

Estruture sua operadora pra CRESCER em conformidade com a ANS

Com base em todas essas informações podemos concluir que 2022 foi um ano positivo para o setor, marcado por desafios e incertezas, mas trouxe de volta a esperança e muito aprendizado, passado o boom emergencial da saúde em todo o mundo.

Agora é hora de olhar pro futuro e preparer a sua operadora de planos de saúde para CRESCER de verdade este ano. E pra isso, o primeiro passo é estruturar todo processo de auditoria médica, blindando sua operadora e eliminando uma séria de problemas, como erros de faturamento, prejuízos com custos assistenciais, glosas etc. É aí que entra o SAUDI, o Sistema de Auditoria Médica mais premiado do país e utilizado por dezenas de operadoras em todo o Brasil, especialmente algumas das maiores.

Com o SAUDI você automatiza todo o processo de gestão de contas médicas, mantém sua operadora em conformidade com as exigências da ANS, elimina quase que 100% as glosas, personaliza aplicação mobile para melhorar seu atendimento ao cliente e muito mais.

Com interface intuitiva, o SAUDI é muito fácil de utilizar e com isso proporciona uma notória otimização do desempenho da equipe nas tarefas cotidianas e também as estratégicas, porque possui dashboard customizável de acordo com o interesse de cada gestor.

Não deixe sua operadora ficar para trás, comece 2023 confiante para CRESCER! Agende agora mesmo uma rápida apresentação do SAUDI com um de nossos especialistas.

Contato

 

Posts relacionados
pt_BRPortuguese