Inteligência artificial na saúde suplementar

Inteligência artificial na saúde suplementar

A inteligência artificial na saúde suplementar vem trazendo benefícios significativos para as operadoras de planos de saúde, profissionais de saúde e pacientes. Com o crescimento dos avanços tecnológicos e a disponibilidade de grandes volumes de dados na área da saúde, a aplicação da inteligência artificial tem se tornado cada vez mais relevante.

Uma das principais áreas em que a inteligência artificial é aplicada na saúde suplementar é a análise de dados. Com algoritmos de machine learning e processamento de linguagem natural, é possível extrair informações valiosas dos registros médicos eletrônicos, prontuários, laudos, entre outros documentos. Isso permite identificar tendências, padrões e insights que podem ajudar na tomada de decisões clínicas, no gerenciamento de doenças crônicas e na prevenção de complicações.

Além disso, a inteligência artificial também pode ser utilizada na detecção de fraudes e desperdícios nos sistemas de saúde suplementar. Com a análise de dados em tempo real, é possível identificar potenciais irregularidades e comportamentos suspeitos, contribuindo para a redução de custos e a melhoria da eficiência das operadoras de planos de saúde.

Outra aplicação da inteligência artificial na saúde suplementar é a personalização do atendimento e tratamento. Com base nos dados de cada paciente, é possível desenvolver modelos preditivos que auxiliam no diagnóstico, prognóstico e na escolha do melhor plano de tratamento para cada indivíduo. Isso resulta em uma abordagem mais precisa e individualizada, melhorando os resultados de saúde e a satisfação dos beneficiários.

A telemedicina também se beneficia da inteligência artificial na saúde suplementar. Com a análise de imagens médicas, por exemplo, é possível agilizar o processo de diagnóstico e reduzir o tempo do paciente para obter um parecer médico. Além disso, a inteligência artificial pode auxiliar na triagem de pacientes, identificando aqueles que requerem atenção urgente e direcionando-os para a assistência adequada.

Conheça os projetos de inteligência artificial da ANS

Em junho de 2023 a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), assinou três contratos com startups escolhidas na primeira rodada da seleção pública intitulada “Soluções de Inteligência Artificial para o Poder Público”, promovida pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação ( MCTI) , Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) e Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). A iniciativa teve como objetivo impactar a qualidade e o custo dos serviços públicos prestados ao cidadão.

Na ocasião o diretor-presidente da ANS, Paulo Rebello, participou do evento de celebração dos contratos, realizado no auditório do MCTI, em Brasília, que contou com a presença das ministras Luciana Santos (MCTI) e Esther Dweck (MGI); e do presidente da FINEP, Celso Pansera.

“Ficamos lisonjeados com o convite do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, da Finep e do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, por meio da Secretaria de Governo Digital, para participar dessa iniciativa. Para a ANS, esta seleção representa um reconhecimento do empenho da Agência no desenvolvimento do nosso Plano de Transformação Digital. Acreditamos que a possibilidade de incorporar os avanços científicos e tecnológicos da Inteligência Artificial na melhoria dos serviços públicos vai gerar valor para toda a sociedade, em especial, para os usuários de planos de saúde no Brasil”, declarou Rebello.

Diretor-presidente da ANS, Paulo Rebello, assinou contratos com as startups vencedoras em junho de 2023

Confira os três projetos de IA desenvolvidos pela ANS:

  • Analista de Reclamação Digital: objetiva agilizar o atendimento aos beneficiários de planos de saúde que recorrem à ANS para garantir seus direitos de acesso à saúde, gerando efeitos diretos e relevantes para a população assistida na saúde suplementar;
  • Assistente de alteração de dados cadastrais dos regulados: o projeto busca qualificar e agilizar a atuação da fiscalização e regulação econômico-financeira da ANS nas operadoras de planos de saúde;
  • Uso de inteligência artificial no processo de Ressarcimento ao SUS: pretende tornar mais ágil e seguro o processo de ressarcimento ao SUS. Por lei, toda vez que um beneficiário de plano de saúde é atendido no SUS, a operadora do plano deve arcar com os custos desse tratamento, que precisa ser ressarcido aos cofres públicos. A ANS é a responsável por essa cobrança. A cada trimestre são identificados cerca de 120 mil atendimentos.

 

Dê seu primeiro passo para seus projetos de inteligência artificial na saúde suplementar

No entanto, é importante mencionar que a utilização da inteligência artificial na saúde suplementar deve ser feita com responsabilidade e ética. É fundamental garantir a privacidade e segurança dos dados dos pacientes, bem como considerar os aspectos éticos e legais envolvidos na aplicação dessas tecnologias.

A transparência e a confiança são elementos essenciais para o sucesso da implementação da inteligência artificial na saúde suplementar e é aí que entra o SAUDI, o sistema de auditoria médica utilizado pelas maiores operadoras de saúde do Brasil. O SAUDI é uma plataforma centrada em dados, intuitiva e simples de usar, com ele é possível fazer a gestão dos custos assistenciais, da saúde populacional e do paciente.

Implementar o SAUDI é o primeiro passo para obter o banco de dados necessário para alimentar a inteligência artificial, que vem desempenhando um papel crucial na saúde suplementar, possibilitando a análise de dados, a detecção de fraudes, a personalização do atendimento e o avanço da telemedicina. Com sua capacidade de processar grandes volumes de informações e identificar padrões, a inteligência artificial contribui para melhorar a eficiência, a qualidade e os resultados no setor de saúde suplementar.

Não espere nem mais um dia, fale agora mesmo com um especialista do SAUDI e dê o seu primeiro passo!

 

 

Posts relacionados
pt_BRPortuguese